fbpx

ONU diz que assistentes de voz femininas reforçam estereótipos

Um estudo da ONU publicado esta semana constatou o que há muito se discute quanto aos assistentes pessoais digitais: o uso da voz feminina nestes equipamentos reforça estereótipos sexitas.

Os assistentes de voz de gigantes da tecnologia como AppleGoogleAmazonMicrosoft, que têm características femininas do tom de voz à escolha do nome, transpassam uma ideia de submissão e serventia, aponta estudo feito pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Leia mais…

Share