Crítica | John Wick 3: Parabellum peca na coreografia, mas se redime no enredo

Terceiro longa da saga do assassino vingativo não economiza na ação, ao mesmo tempo em que entrega um enredo fácil de entender aos mais próximos da série, mas faz pouco para posicionar o espectador mais casual ? e prova que Keanu Reeves não aguenta mais pancada
Share