Seguradoras adotam o uso de tecnologia ‘vestível’ para criar descontos

A tecnologia permite que a seguradora conheça melhor o usuário e forneça descontos personalizados por boa conduta, mas isso implica em questões sérias de privacidade

A chegada da tecnologia vestível (ou wearables) trouxe vantagens incontestáveis para a saúde dos usuários. São muitos os relatos de emergências médicas evitados por informações em tempo real, fornecidas pelos dispositivos. Além disso, informações coletadas também servem para consultas médicas, proporcionando um tratamento mais personalizado e com maior detalhamento de sintomas e rotinas. Mas o que acontece quando seguradoras também começam a utilizar esses dados para avaliar o usuário?

“É uma situação de vantagens mútua”, segundo as seguradoras. É evidente que seu objetivo é que os clientes vivam o máximo possível, tarefa mais árdua quando se trata de alguém com maus hábitos, rotina estressante e má alimentação. Com os wearables, parte desses problemas pode ser desencorajado. O incentivo vem através de descontos para aqueles que mantém a saúde em dia.

Leia mais…

Share