Startup britânica desconhecida pode ter frota de táxis voadores até 2022

Formada por nada mais que 28 funcionários, a empresa pretende fornecer voos entre cidades da Inglaterra em até quatro anos

Grandes montadoras já consagradas na indústria automotiva participam de uma espécie de corrida simbólica em busca do futuro do transporte particular de pessoas. Essas empresas estão desenvolvendo tecnologias que vão permitir que carros andem de maneira autônoma fazendo uso de sistemas de inteligência artificiam, que outras fontes de energia renováveis sejam exploradas para abastecer os veículos e, claro, que nossos automóveis sejam capazes de voar com precisão e segurança para passageiros e pedestres.

Leia mais…

Share